Bio /

Minha curiosidade por fotografia começou em 2002, quando ainda cursava a Faculdade Jornalismo em Maringá. Lá aprendi a teoria e a prática de como registrar uma imagem. Começamos do zero, na foto analógica, até chegar nesta era digital. Revelávamos as fotos em laboratório, como nos primórdios das fotos analógicas. De lá para cá a curiosidade e a paixão pela fotografia só aumentaram.

Tenho 33 anos, sou casado e tenho um filho. Hoje me considero um fotógrafo amador. Sou curioso, pesquisador e, acima de tudo, um grande entusiasta. Acredito que a fotografia muda a vida das pessoas. Retrata momentos, saudades e alegrias. Diz o ditado: "uma imagem vale mais que mil palavras".

Moro em Loanda, interior do Paraná. Minha cidade é pequena, bem interiorana. Busco mostrar através das minhas fotos muito do nosso cotidiano. Além de retratar as paisagens da minha região e viagens que faço Brasil afora.

Acredito que a fotografia deva sofrer o mínimo de intervenção do fotógrafo. Cada foto retrata um momento. Minhas fotos, inconscientemente, mostram com objetividade o meu conceito de mundo. Estou sempre à disposição para aprender.

"A fotografia, antes de tudo é um testemunho. Quando se aponta a câmara para algum objeto ou sujeito, constrói-se um significado, faz-se uma escolha, seleciona-se um tema e conta-se uma história, cabe a nós, espectadores, o imenso desafio de lê-las". AD